Eixos tecnológicos dos “cursos tecnólogos” (apresentação)

Você sabia que os Cursos Superiores de Tecnologia estão divididos não por áreas, mas pelos chamados Eixos Tecnológicos? Não sabia? Então confira nesta série de 14 artigos.

Conheça os eixos tecnológicos dos “cursos tecnólogos” (Cursos Superiores de Tecnologia)

Com a proposta de aprimorar e fortalecer os “cursos tecnólogos” (o correto é cursos tecnológicos ou Cursos Superiores de Tecnologia – CST, ou ainda Graduações Tecnológicas, o Ministério da Educação tem o encargo periódico de atualizar o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia – CNCST.

Essa atualização, a qual está prevista no artigo 5º, § 3º, inciso VI do Decreto nº 2006/5.773, e na Portaria nº 2006/1.024, é indispensável para assegurar que a oferta desses cursos e a formação dos tecnólogos acompanhem a dinâmica do setor produtivo e as demandas da sociedade.

Até o momento, foram disponibilizadas duas edições do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, a primeira em 2006, que elencou 98 denominações de cursos; e a segunda em 2010, que elevou o número de denominações para 113.

Para a elaboração desta terceira edição do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, atividade essa coordenada pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior — SERES, em estreita colaboração com a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica — SETEC, foram consideradas as propostas de atualização recebidas pelo MEC no período compreendido entre 2011 e 2013, assim como as denominações dos Cursos autorizados em caráter experimental constantes do Cadastro e–MEC, além das denominações de cursos já constantes do Catálogo de 2010.

eixos tecnológicos,tecnólogo,cursos tecnólogos,cursos superiores de tecnologia

Créditos: http://olitractor.com.br/

Portanto, o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia é um guia que, segundo a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica serve também para:

referenciar estudantes, educadores, instituições ofertantes, sistemas e redes de ensino, entidades representativas de classes, empregadores e o público em geral.

e ainda…

organiza e orienta a oferta de cursos superiores de tecnologia, inspirado nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Tecnológico e em sintonia com a dinâmica do setor produtivo e os requerimentos da sociedade atual. Configurado, deste modo, na perspectiva de formar profissionais aptos a desenvolver, de forma plena e inovadora, as atividades em determinado eixo tecnológico e com capacidade para utilizar, desenvolver ou adaptar tecnologias com a compreensão crítica das implicações daí decorrentes e das suas relações com o processo produtivo, o ser humano, o ambiente e a sociedade.

 

O Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia apresenta o seguinte:

  • denominações – refere-se às nomenclaturas dos cursos superiores tecnológicos;
  • sumário de perfil do egresso – descritivo resumido das aptidões do formado;
  • carga horária mínima – duração mínima de horas exigida pelo MEC para que o graduado possa cumprir e consequentemente receber seu diploma;
  • infraestrutura recomendada – conjunto de recursos e condições necessárias para o desenvolvimento de atividades que são desenvolvidas durante os cursos, tais como: biblioteca, laboratórios, equipamentos, etc.;
  • 134 graduações tecnológicas organizadas em 13 eixos tecnológicos.

 

Eixos tecnológicos

Os 13 eixos tecnológicos são os seguintes:

1. Ambiente e Saúde – compreende tecnologias associadas à melhoria da qualidade de vida, à preservação da natureza e à utilização, desenvolvimento e inovação do aparato tecnológico de suporte e atenção à saúde. Abrange ações de proteção e preservação dos seres vivos e dos recursos ambientais, do controle e avaliação de risco, programas de educação ambiental. Tais ações vinculam-se ao suporte de sistemas, processos e métodos utilizados na análise, diagnóstico e gestão, provendo apoio aos profissionais da saúde nas intervenções no processo saúde-doença de indivíduos, bem como propondo e gerenciando soluções tecnológicas mitigadoras e de avaliação e controle dos recursos naturais. Pesquisa e inovação tecnológica, constante atualização e capacitação, fundamentadas nas ciências da vida, nas tecnologias físicas e nos processos gerenciais são características comuns deste eixo.

2. Controle e Processos Industriais – compreende tecnologias associadas aos processos mecânicos, eletroeletrônicos e isicoquímicos. Abrange ações de instalação, operação, manutenção, controle e otimização em processos, contínuos ou discretos, localizados predominantemente no segmento industrial, contudo alcançando, também em seu campo de atuação, instituições de pesquisa, segmento ambiental e de serviços. A proposição, implantação, intervenção direta ou indireta em processos, além do controle e avaliação das múltiplas variáveis encontradas no segmento produtivo, identificam este eixo. Traços marcantes neste eixo são a abordagem sistemática da gestão da qualidade e produtividade, questões éticas e ambientais, sustentabilidade e viabilidade técnico-econômica, além de permanente atualização e investigação tecnológica.

3. Desenvolvimento Educacional e Social – compreende tecnologias relacionadas aos processos de planejamento, coordenação, controle e operacionalização das atividades de apoio pedagógico e administrativo integradas ao contexto do ensino em diferentes espaços educativos. Abrange atividades de acompanhamento dos processos acadêmicos e luxos organizacionais, participação em equipes técnicas e desenvolvimento da ação educativa intra e extraescolar, em espaços como secretaria escolar, bibliotecas, manutenção de infraestrutura, cantinas, recreios, portarias, laboratórios, oficinas, instalações esportivas, almoxarifados, jardins, hortas, brinquedotecas e outros espaços requeridos pela educação formal e informal. A organização curricular destes cursos contempla estudos de ética, normas técnicas e de segurança, princípios legais relacionados à educação, elaboração de documentos técnicos, raciocínio lógico, além da capacidade de trabalhar em equipes, com iniciativa, criatividade e sociabilidade.

4. Gestão e Negócioscompreende tecnologias associadas aos instrumentos, técnicas e estratégias utilizadas na busca da qualidade, produtividade e competitividade das organizações. Abrange ações de planejamento, avaliação e gerenciamento de pessoas e processos referentes a negócios e serviços presentes em organizações públicas ou privadas, de todos os portes e ramos de atuação. Este eixo caracteriza-se pelas tecnologias organizacionais, viabilidade econômica, técnicas de comercialização, ferramentas de informática, estratégias de marketing, logística, finanças, relações interpessoais, legislação e ética.

5. Informação e Comunicação – compreende tecnologias relacionadas à comunicação e processamento de dados e informações. Abrange ações de concepção, desenvolvimento, implantação, operação, avaliação e manutenção de sistemas e tecnologias relacionadas à informática e telecomunicações.  especificação de componentes ou equipamentos, suporte técnico, procedimentos de instalação e configuração, realização de testes e medições, utilização de protocolos e arquitetura de redes, identificação de meios físicos e padrões de comunicação e, sobremaneira, a necessidade de constante atualização tecnológica, constituem, de forma comum, as características deste eixo. O desenvolvimento de sistemas informatizados desde a especificação de requisitos até os testes de implantação, bem como as tecnologias de comutação, transmissão, recepção de dados, podem constituir-se em especificidades desse eixo.

6. Infraestruturacompreende tecnologias relacionadas à construção civil e ao transporte. contempla ações de planejamento, operação, manutenção, proposição e gerenciamento de soluções tecnológicas para infraestrutura. Abrange obras civis, topograia, transporte de pessoas e bens, mobilizando – de forma articulada – saberes e tecnologias relacionadas ao controle de trânsito e tráfego, ensaios laboratoriais, cálculo e leitura de diagramas e mapas, normas técnicas e legislação. Características comuns deste eixo são a abordagem sistemática da gestão da qualidade, ética e segurança, viabilidade técnico-econômica e sustentabilidade.

7. Militar – compreende tecnologias relacionados à infraestrutura e processos de formaçãodo militar, como elemento integrante das organizações militares que contribuem para o cumprimento da missão constitucional das Forças Armadas – Marinha do Brasil, Aeronáutica e Exército – de defesa da Pátria e a garantia dos poderes constitucionais, da lei e da ordem. Abrange apoio e preparo de pessoal, operações, logística, manutenção, suprimento, armazenamento, informações, controle do espaço aéreo e controle aéreo de operações navais e terrestres, necessários à condução das atividades militares. A organização curricular dos cursos contempla conhecimentos relacionados a: leitura e produção de textos técnicos; estatística e raciocínio lógico; ciência e tecnologia; segurança e defesa, civismo; tecnologias de comunicação e informação; desenvolvimento interpessoal; legislação; normas técnicas; saúde e segurança no trabalho; responsabilidade e sustentabilidade social e ambiental; qualidade de vida; e ética profissional. O acesso aos cursos requer o ingresso na carreira militar mediante concurso público.

8. Produção Alimentíciacompreende tecnologias relacionadas ao beneficiamento e industrialização de alimentos e bebidas. Abrange ações de planejamento, operação, implantação e gerenciamento, além da aplicação metodológica das normas de segurança e qualidade dos processos físicos, químicos e biológicos presentes nessa elaboração ou industrialização. Inclui atividades de aquisição e otimização de máquinas e implementos, análise sensorial, controle de insumos e produtos, controle fitossanitário, distribuição e comercialização relacionadas ao desenvolvimento permanente de soluções tecnológicas e produtos de origem vegetal e animal.

9. Produção Cultural e Design – compreende tecnologias relacionadas com representações, linguagens, códigos e projetos de produtos, mobilizadas de forma articulada às diferentes propostas comunicativas aplicadas. Abrange atividades de criação, desenvolvimento, produção, edição, difusão, conservação e gerenciamento de bens culturais e materiais, ideias e entretenimento, podendo configurar-se em multimeios, objetos artísticos, rádio, televisão, cinema, teatro, ateliês, editoras, vídeo, fotografia, publicidade e nos projetos de produtos industriais. Tais atividades exigem criatividade e inovação com critérios sócio-éticos, culturais e ambientais, otimizando os aspectos estético, formal, semântico e funcional, adequando-os aos conceitos de expressão, informação e comunicação, em sintonia com o mercado e as necessidades do usuário.

10. Produção Industrial – compreende tecnologias relacionadas aos processos de transformação de matéria-prima, substâncias puras ou compostas, integrantes de linhas de produção específicas. Abrange planejamento, instalação, operação, controle e gerenciamento dessas tecnologias no ambiente industrial. Contempla programação e controle da produção, operação do processo, gestão da qualidade, controle de insumos, métodos e rotinas. Característica desse eixo é a associação de competências da produção industrial àquelas relacionadas ao objeto da produção, na perspectiva de qualidade e produtividade, ética e meio ambiente, viabilidade técnico-econômica, além do permanente aprimoramento tecnológico.

11. Recursos Naturaiscompreende tecnologias relacionadas à produção animal, vegetal, mineral, aquícola e pesqueira. Abrange ações de prospecção, avaliação técnica e econômica, planejamento, extração, cultivo e produção referente aos recursos naturais. Inclui, ainda, tecnologia de máquinas e implementos, estruturada e aplicada de forma sistemática para atender às necessidade de organização e produção dos diversos segmentos envolvidos, visando à qualidade e à sustentabilidade econômica, ambiental e social.

12. Segurançacompreende tecnologias, infraestruturas e processos direcionados à prevenção, à preservação e à proteção dos seres vivos, dos recursos ambientais, naturais e do patrimônio que contribuam para a construção de uma cultura de paz, de cidadania e de direitos humanos nos termos da legislação vigente. o eixo vincula-se com as áreas de formação de profissionais de segurança pública, segurança privada, defesa social e civil e segurança do trabalho. Envolve a atuação em espaços públicos e privados. A organização curricular dos cursos propiciará a construção de perfil de egresso fundamentado em competências éticas, legais e técnicas contemplando, ainda, raciocínio lógico, inteligência social, capacidade de diálogo, tolerância e atuação em equipes multi e interdisciplinares. Abrange, transversalmente, a legislação nacional e internacional no que se refere aos direitos humanos e cidadania, primando pela dignidade da pessoa. A atuação nas carreiras públicas fica condicionada ao atendimento das normas específicas, notadamente do concurso público.

13. Turismo, Hospitalidade e Lazercompreende tecnologias relacionadas aos processos de recepção, entretenimento e interação. Abrange os processos tecnológicos de planejamento, organização, operação e avaliação de produtos e serviços inerentes à hospitalidade e ao lazer. As atividades compreendidas neste eixo referem-se ao lazer, relações sociais, turismo, eventos e gastronomia, integradas ao contexto das relações humanas em diferentes espaços geográficos e dimensões socioculturais, econômicas e ambientais. A pesquisa, disseminação e consolidação da cultura, ética, relações interpessoais, domínio de línguas estrangeiras, prospecção mercadológica, marketing e coordenação de equipes são elementos comuns deste eixo.

Portanto, as graduações tecnológicas encontram-se divididas em eixos tecnológicos e não por áreas como nas graduações. Nos próximos artigos da série “Eixos Tecnológicos” estaremos apresentando individualmente cada eixo com seus respectivos cursos. Não vá perder!

E você, qual ou quais eixos tecnológicos mais te chamam a atenção? Pensa em fazer um Curso Superior de Tecnologia? Pretende se tornar um tecnólogo? Está em dúvida sobre qual curso fazer? Participe, deixe seu comentário. E aproveite para ler os artigos abaixo:

 

Fonte: Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia

Vote neste post!

Quer receber as novidades grátis em seu e-mail?

(Preencha os campos ao lado)

Luis Marcos Leite

Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação, Servidor Público e Problogger.

Website: https://tecnologo.blog.br

13 Comments

  1. Pingback: Eixos Tecnológicos dos Cursos Superiores de Tecnologia - parte 3

  2. Pingback: Tecnólogos carreiras promissoras para 2016

  3. Antonio Faria de Moraes

    Olá, por gentileza, esclarecer essa duvida.

    Tenho formação como tecnólogo em processos gerenciais, posso concorrer e ser empossado em um concurso que no edital diz “Ensino Superior completo em: Administração de Empresas ou Ciências Contábeis ou Ciencias Exatas ou Direito ou Economia ou Arquitetura”

    obrigado

  4. Luis Marcelo Cerqueira

    Gostaria de tirar algumas duvidas com relacao ao Curso Superior de Tecnologias em Informatica Educativa. Tenho esta formacao considerada NIvel Superior. Gostaria de saber em qual Conselho Federal eu posso me credenciar, aqui no Amapa fui informado que seria no CREA, so que a Faculdade nao cadastrou a Formacao no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). Gostaria de saber onde eu devo me cadastrar pra ter a Carteira Profissional?

    • Luis Marcelo,

      Não encontrei esse curso no Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia. Qual a duração do curso? Por qual faculdade você se formou? Qual a cidade/estado? Tem alguma página na web que apresente o curso? Qual o link?

  5. Fernando

    Bom dia. Uma dúvida. Sou formado em Administração (Bacharel), no seu ponto de vista, preencho os requisitos para o cargo de Analista de Recursos Humanos no qual o edital do concurso exige APENAS Tecnólogo em Recursos Humanos? Muito obrigado.

  6. Jota

    Luis, bom dia. Sou tecnólogo em analise e desenvolvimento de sistemas e tenho mba em gerenciamento de projetos. Qual o órgão que posso me associar? Estou vendo um edital do concurso que diz: “analista de sistemas – registro no respectivo conselho da classe”. Posso concorrer?

  7. Dekeyser,

    Você já procurou saber como está o campo de trabalho para esses dois profissionais, em termos de oferta de emprego? Verifique isto.

  8. dekeyser

    vou fazer um seguinte . vou cursar os dois assim . posso me candidatar as duas coisas . vou começar o tecnologo e após o termino eu posso fazer engenharia da metade do tempo e no final das coisas em 5 ou 6 anos posso sair com dois diplomas de nivel superior.

Deixe seus comentários!